Venda de veículos pesados cai 33% no primeiro bimestre do ano

Foram emplacadas 6,9 mil unidades em dois meses, sendo 5,5 mil caminhões

Diesel mais barato do Brasil permanece na Dutra, em SP
Firestone tem novo pneu rodoviário para pesados
Mais de cem municípios do Brasil já criaram restrição ao trânsito de caminhões

vendas-pesados

As vendas de caminhões e ônibus no primeiro bimestre de 2017 não foram animadoras para o setor. Segundo o relatório divulgado pela (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) Fenabrave na quarta-feira (1/3), os emplacamentos de veículos pesados sofreram forte queda de 33%, resultando em apenas 6,9 mil unidades em dois meses.

Ao todo, foram 5,5 mil caminhões, com baixa de 32%, e 1,3 mil ônibus, com decréscimo de 36%.

Em fevereiro foram licenciados 3,2 mil veículos pesados, sendo 2,6 mil caminhões e 647 chassis de ônibus. O volume foi 10,7% menor do que o registrado em janeiro e 30,9% mais baixo que o do mesmo mês de 2016. Apesar do péssimo desempenho, a federação chamou atenção para os quatro dias úteis a menos em fevereiro, o que ajudou no resultado final.

Logo no início deste ano a Fenabrave projetou que as vendas de veículos pesados alcancem 65,9 mil unidades em 2017.

COMMENTS