Setor portuário nacional movimentou quase um bilhão de toneladas em 2016

Apesar do alto número, índice apresentou queda de 1% em relação ao ano de 2015

Porto de Paranaguá (PR) bate recorde de movimentação no primeiro trimestre do ano
Porto de Antonina (PR) registra alta de 54% na movimentação de cargas em 2016
Movimentação no Porto de Santos (SP) cresce no 1º trimestre de 2017

portos-movimentacao

Foi divulgado no dia 15/2 o Anuário Estatístico Aquaviário 2016 da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). O relatório mostrou que setor portuário nacional movimentou no ano passado 998 milhões de toneladas. O número consolidado representou uma queda de 1% em relação a 2015, quando foi movimentado 1,008 bilhão de toneladas.

A movimentação de carga nos portos organizados em 2016 caiu 2,5%. No ano passado, foram movimentados 343 milhões de toneladas. Em 2016, os TUPs movimentaram 655 milhões de toneladas.

O Sudeste ficou em 2016 com 496 milhões de toneladas movimentadas. Já o Nordeste concluiu o ano passado com 270 milhões. A Região Sul movimentou 142,4 milhões. O Norte, 86 milhões; e o Centro-Oeste, 3,7 milhões de toneladas.

Santos (SP) liderou em 2016 no índice de movimentação de contêineres nos portos e nos TUPs, chegando a 32 milhões de toneladas (-5,4%). A Portonave (SC) ficou em segundo, com 9,7 milhões de toneladas, aumento de 27,2%. Em terceiro ficou Paranaguá (PR), que movimentou 8,2 milhões de toneladas, consolidando queda de 5,4%.

Dentre as mercadorias, o destaque ficou para os minérios, com 418 milhões de toneladas movimentadas, aumento de 2,7% na comparação com 2015. Também houve aumento considerável na movimentação de açúcar (9,2%), adubos (19,3%) e celulose (31,3%). Por outro lado, as operações com cereais caíram 30,6%.

Houve um decréscimo de 1,7% na movimentação da navegação de longo curso no ano passado, em comparação com 2015. Já a cabotagem subiu 0,8%. Em relação às vias interiores, a queda foi de 1,5% se comparado 2016 com 2015.

COMMENTS