87% dos acidentes registrados nas linhas férreas da MRS ocorrem por imprudência

Número corresponde ao balanço de 2016, quando houve ao todo 94 ocorrências

Randon desenvolve dois vagões para cliente MRS Logística
FCA amplia capacidade de carregamento do Terminal de Pirapora com “Pera Ferroviária”
Terminal de Rondonópolis (MT) poderá movimentar dez milhões de toneladas de grãos em 2014

mrs-logistica

A MRS, operadora logística que administra mais de 1,6 mil quilômetros de linhas férreas em Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, divulgou um balanço nesta segunda-feira (6/2) que aponta que, das 94 ocorrências registradas nas ferrovias em 2016, 87% foram provocadas por imprudência.

O percentual de imprudentes registrado em 2015 foi 78% menor em relação ao ano passado. Por outro lado, houve recuo de 20,3% no total de desastres em 2016, indo de 118 para 94.

A maioria dos 94 acidentes de 2016 ocorreu em Juiz de Fora (MG), na Zona da Mata. Foram 11 ocorrências, sete a menos que em 2015.

Para o gerente-geral de Faixa de Domínio e Interferências da MRS, Uascar Carvalho, o número não agrada. “Mesmo com os resultados alcançados por meio do bom andamento dos trabalhos de segurança e das ações de conscientização, em geral, infelizmente, ainda presenciamos atitudes imprudentes na ferrovia, por este motivo precisamos continuar disseminando a cultura de segurança”, disse.

COMMENTS