Porto de Paranaguá (PR) recebe dois dos maiores rebocadores da costa brasileira

Embarcações contam com 32 metros de comprimento, 12 metros de largura e tração estática de 77 toneladas

Petrobras e governo do RJ inauguram primeira ponte estaiada da cidade maravilhosa
Rodoanel Norte conclui mais um trecho e obras seguem cronograma
Grupo Galvão assina contrato de concessão da BR-153

rebocadores-navios-paranagua

O Porto de Paranaguá passa a receber neste fim de janeiro os dois maiores e mais potentes rebocadores da costa brasileira. Cada uma das embarcações contam com de 32 metros de comprimento, 12 metros de largura e tração estática de 77 toneladas. Foram investidos aproximadamente US$ 20 milhões nas unidades, por meio da dinamarquesa Svitzer.

“O Porto de Paranaguá está com canais e berços dragados e preparados para receber embarcações cada vez mais imponentes e carregadas de mercadorias. Toda a estrutura de apoio, de prestadores de serviço à operação portuária, também deve acompanhar esta evolução”, afirma o diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina, Luiz Henrique Dividino.

Desde 2011, os Portos do Paraná receberam cinco campanhas de dragagem de manutenção dos seus canais e berços.

Para este ano já foi recebida a licença de instalação da primeira dragagem de aprofundamento em 20 anos dos Portos do Paraná. Com a obra, o cais do porto chegará a ter 16 metros de profundidade. A dragagem ocorrerá em três áreas que permitem o acesso de navios numa extensão de, aproximadamente, 45 quilômetros.

COMMENTS