Safra 2016/2017 de cana-de-açúcar deve chegar a mais de 694 milhões de toneladas

Levantamento da Conab aponta que número representa um crescimento de 4,4% em relação à safra anterior

Setor de transporte encerra fevereiro com saldo positivo em contratações
Empresa do Pará compra cinco caminhões extrapesados MAN TGX
Logística, um gargalo quase que invencível

safra-cana

Segundo dados apontados no 3º Levantamento da Safra 2016/2017, divulgado nesta terça-feira (20/12), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção de cana-de-açúcar deverá chegar a 694,54 milhões de toneladas.

A estimativa representa um crescimento de 4,4% em relação à safra anterior, que havia sido de 665,59 milhões de toneladas. Além disso, a área a ser colhida foi calculada em 9,1 milhões de hectares, acréscimo de 5,3% em comparação com o período de 2015/16, que foi de 8,6 milhões de hectares.

A produção de açúcar deverá atingir 39,8 milhões de toneladas, 18,9% superior à safra 2015/16, que chegou a 33,5 milhões de toneladas. Por outro lado, a produção de etanol deve recuar 8,5% em relação à safra anterior, de 30,5 milhões de toneladas, ficando em 27,9 bilhões de litros. Já o etanol anidro, utilizado na mistura com a gasolina, deverá subir 1,5%, chegando a 11,4 bilhões de litros. Na safra anterior, a produção chegou a 11,2 bilhões de litros.

No caso do etanol hidratado, produção deverá atingir 16,5 bilhões de litros, redução de 14,3% ou 2,8 bilhões de litros, comparado à safra passada (19,2 bilhões de litros), resultado do menor consumo deste combustível.

COMMENTS