Avião da Embraer chega aos Emirados Árabes após jornada de 20 mil km

Avião da Embraer chega aos Emirados Árabes após jornada de 20 mil km

Jato bimotor Phenom 100E é o primeiro dos quatro que serão entregues pela fabricante brasileira à Etihad Flight College, universidade de treinamento da companhia aérea árabe

Beechcraft fecha pedido de 105 aeronaves King Air 350i
Jato da Embraer recebe certificação “hot-and-high”
Embraer encerra 2º trimestre com US$ 18,5 bi em pedidos

phenom-etihad

Um jato Phenom 100E, fabricado pela Embraer, decolou de São José dos Campos, no Estado de São Paulo, e voou cerca de 20 mil quilômetros até Abu Dhabi, onde integrará a moderna frota da escola de pilotos da Etihad, uma das maiores companhias aéreas do mundo.

O avião levou um total de 10 dias e fez 18 escalas até chegar a seu destino, o Etihad Flight College, a primeira escola de voo do mundo a utilizar o Phenom 100E na fase inicial do seu treinamento. Ele já entra em operação em julho. A escola receberá mais três unidades do Phenom, com entregas programadas para o final de junho e o início de 2017.

O Phenom será utilizado para instruir os alunos no curso de MPL – Multi-Crew Pilot Licence (Licença para Piloto de Tripulação Múltipla). O MPL é uma nova abordagem para o treinamento de voo utilizando aeronaves multimotores. A introdução de operações de Piloto de Tripulação Múltipla no treinamento inicial é mais eficaz, pois as tripulações de voo de companhias aéreas operam como uma equipe – nos formatos mais antigos, os pilotos são treinados individualmente.

mapa-phenom-etihad

A jornada do Phenom até os Emirados Árabes teve o comando do gerente de programa de MPL do Etihad Flight College, o Primeiro Oficial Sênior, Timothy Schoenauer e fez pousos de escala em duas ilhas do Caribe, nos estados Americanos da Flórida, Virgína e Maine, na Groelândia, na Irlanda, na Holanda, Itália, Grécia e Egito antes de chegar a Abu Dhabi, pousando com segurança no Aeroporto Internacional de Al Ain.

Philip Chandler, gerente geral do Etihad Flight College, disse: “Nossa faculdade de voo é uma instalação de treinamento de classe mundial, produzindo um fluxo constante de pilotos bem treinados e altamente qualificados – sendo que a maioria é de cidadãos dos Emirados – para as operações em crescimento da Etihad Airways. O Phenom 100E é um novo ativo instigante para o Etihad Flight College. A tecnologia, o desempenho e a confiabilidade fazem do Phenom uma aeronave de treinamento inicial ideal para preparar nossos alunos para operações de linha”.

“Projetado para alta utilização, com uma cabine de pilotagem favorável para o piloto e qualidades de voo adaptáveis, o Phenom 100E é considerado uma escolha óbvia pelas companhias aéreas para preparar seus cadetes para operações de jatos. Eu estou contente de iniciar a entrega da frota de Phenom 100E do Etihad Flight College, que será a primeira escola de voo a utilizar a aeronave na fase inicial do seu treinamento”, diz Marco Tulio Pellegrini, presidente e CEO da Embraer Aviação Executiva.

O pedido para quatro Phenom 100E da Embraer foi anunciado em junho de 2015. Uma vez entregues, os quatro novos aviões vão integrar a frota de aeronaves de treinamento que totalizará 22 unidades – incluindo também 10 Cessna 172SP Skyhawk, seis Diamond DA42NG, e duas aeronaves EXTRA 300. Atualmente há 186 cadetes nos programas de treinamento do Etihad Flight College, 122 dos quais são cidadãos dos Emirados. Além da Etihad Airways, o Etihad Flight College também treina pilotos para duas companhias aéreas parceiras de capital da Etihad, a Alitalia e a Air Seychelles.

A Etihad Airways emprega atualmente mais de 2.200 pilotos e opera uma frota de 122 aeronaves Airbus e Boeing, com mais de 204 aeronaves com pedidos confirmados.

COMMENTS