ANTT altera prazo para pagamento da taxa de fiscalização do transporte de passageiros

Ônibus autônomo da Local Motors recebe pneus Goodyear
Sistema BRT de Belo Horizonte (MG) utilizará 500 ônibus Mercedes-Benz
Mercedes-Benz vende 386 ônibus para a frota urbana de Ribeirão Preto (SP)

passageiros-news

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) publicou, nesta quarta-feira (20), uma resolução que amplia o prazo para pagamento da taxa de fiscalização do serviço de transporte rodoviário coletivo interestadual e internacional de passageiros. A data limite foi prorrogada em um mês.

+ ANTT define regras para terceirização de serviços por empresas de transporte rodoviário

O valor é de R$ 1,8 mil por ônibus registrados na frota entre 1º de janeiro e 31 de dezembro do ano de apuração, inclusive 2015. Os novos prazos, de acordo com o último algarismo da raiz do CNPJ da empresa, são os seguintes:

1 – 20 de fevereiro
2 – 20 de março
3 – 20 de abril
4 – 20 de maio
5 – 20 de junho
6 – 20 de julho
7 – 20 de agosto
8 – 20 de setembro
9 – 20 de outubro
0 – 20 de novembro

Conforme a ANTT, a taxa de fiscalização deve ser paga em parcela única. Empresas que não fizerem o pagamento terão o débito inscrito na Dívida Ativa da União e no Cadin (Cadastro Informativo dos Créditos não quitados do Setor Público Federal). Os procedimentos para o pagamento devem ser informados pela Supas (Superintendência de Serviços de Transporte de Passageiros), da ANTT.

Com informações da Confederação Nacional do Transporte

+ Saiba tudo do mundo do transporte e da logística. Curta nossa página no Facebook!

COMMENTS