BR-163/MS começa a ser reconstruída após chuva arrancar parte da pista

Obras devem levar, pelo menos, dez dias e caminhoneiros devem usar alternativas nesse período

ANTT confirma Grupo CCR como vencedora da concessão da BR-163/MS
Pedágio no MS vai custar até R$ 7,90
Governo revê conta e onera usuários com custo do pedágio

br 163As fortes chuvas que atingiram o Mato Grosso do Sul no começo do mês ainda causam prejuízos para o transporte e a mobilidade em alguns locais. Depois de uma semana de interdições, começaram nessa segunda-feira (14) as obras no km 49 da BR-163, na região de Eldorado, para reconstruir o trecho arrancado pela enxurrada.

+ Rodovias de má qualidade encarecem o transporte em média 25%

O tráfego está interditado em dois pontos: no km 52 e no km 41, porque a via foi danificada pelas fortes chuvas que atingem o estado. As obras de reconstituição da pista têm duração prevista de 10 dias. Até a liberação da rodovia, é possível utilizar rotas alternativas.

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) acompanha os serviços no estado. A rodovia é administrada pela CCR MS Via.

+ Fique por dentro de tudo o que acontece no Transporte e na Logística pelo Facebook

COMMENTS