Senado deve proibir venda de bebidas alcoólicas em rodovias federais

Medida vai afetar todo o tipo de estabelecimento ás margens das estradas, incluindo hotéis e restaurantes

Nova Lei Seca com multa em dobro já prendeu mais de 1.400 motoristas
Empresas mundiais apostam alto na produção de etanol no Brasil
Porto de Santos (SP) registra movimentação recorde no 1º bimestre de 2013

bebida-alcoolica-lei

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou nesta semana o um projeto que visa proibir a comercialização de bebidas alcoólicas em condições de pronto consumo nos estabelecimentos situados às margens das rodovias federais.

+ Um em cada três caminhoneiros usa drogas, revela teste inédito no Brasil

A medida, se confirmada, atingirá lojas de conveniência, bares, restaurantes, mercado, hotéis, motéis e qualquer outro tipo de comércio. O objetivo é evitar que motoristas, de qualquer tipo de veículo, tenham acesso às bebidas alcoólicas durante eventuais paradas e voltem a dirigir, gerando o risco de acidentes nas estradas.

+ Ministério Público diz que Lei dos Motoristas triplicou o uso de drogas entre caminhoneiros

O projeto ainda segue em tramitação nas comissões da Casa e só deve ser votado em plenário no ano que vem.

+ Fique por dentro de tudo o que acontece no Transporte e na Logística pelo Facebook

COMMENTS