Setor de serviços de transportes apresenta queda de 4,4% em agosto

Segundo o IBGE, retração do segmento no ano é de 5,6% e, em 12 meses, de 3,2%

ANTAQ disponibiliza para o IBGE informações úteis para cálculo de PIB municipal
Safra do Brasil pode chegar a 209 milhões de toneladas em 2015
ANFIR não vê retomada do mercado de implementos rodoviários em 2012

news-caminhoes-em-atividade

O setor de transportes e de serviços profissionais e ajudaram a diminuir o volume do setor de serviços do Brasil em agosto, quando registrou queda de 3,5% em relação ao mesmo mês do ano passado. Os dados são do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A baixa acumulada em 2015 já chega a 2,6% e, em 12 meses, 1,1%. Este foi o pior agosto da série da pesquisa, que foi iniciada em janeiro 2012.

A apenas o segmento de serviços de informação e comunicação, que cresceu 0,2%. Os serviços transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio recuaram 4,4%. Já os serviços profissionais, administrativos e complementares tiveram queda de 5,2% enquanto serviços prestados às famílias caíram 8,2%. Demais serviços apresentaram queda de 12,5%.

Considerando as características do segmento de transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio, a retração no ano é de 5,6% e, em 12 meses, de 3,2%.

COMMENTS