Financiamento de veículos entre janeiro e setembro cai 13,2%

Ao todo, foram negociadas 4,03 milhões de unidades, considerando automóveis, comerciais leves, pesados e motocicletas

Scania atende a pedido do G10 e lança cavalo mecânico 8×2
Obras do trecho leste do Rodoanel têm início em SP
Câmara aprova isenção de pedágio para eixo suspenso e maior tolerância a peso de caminhões

news-volvo-300-mil

Conforme dados da Cetip, empresa que opera o Sistema Nacional de Gravames, o número de financiamentos de veículos novos e usados entre janeiro e setembro deste ano reduziram 13,2%, para 4,03 milhões de unidades. A pesquisa considerou automóveis, comerciais leves, pesados e motocicletas.

No mesmo período de 2014 este volume era de 4,65 milhões. Nos nove meses completos do ano, os financiamentos representaram 41,1% do total das vendas de veículos novos e transferências de usados no Brasil, que somaram 9,8 milhões de unidades no período. Em 2014, a proporção dos financiamentos era de 45,8% das vendas totais.

Do total de veículos novos emplacados este ano (1,95 milhão de unidades), 91,7% foram financiados, enquanto em usados (7,85 milhões) a proporção é de 28,5% no acumulado.

A queda total no volume de financiamentos é muito maior nos veículos novos chegou a 21,8%, para 1,79 milhões de financiados, enquanto o total de usados parcelados caiu 4,9% no mesmo período, para 2,24 milhões de unidades.

O segmento de caminhões e ônibus novos diminuíram 50,6% em um ano, para pouco mais de 59 mil unidades. Os usados retraíram 7,6%, para 98,8 mil veículos. No total, somando novos e usados, o tombo é de 30,3%, para 157,8 mil unidades.

Automóveis e comerciais leves novos e usados somaram 3,15 milhões de unidades financiadas em nove meses, 12,8% menor que o registrado no período de 2014. Com 1,10 milhão de unidades, os novos apresentaram desempenho negativo de 24,6%, enquanto os usados, com 2,05 milhões, diminuíram 12,8%.

COMMENTS