Testamos o Scania R 480 LA 6×4 Highline

Testamos o Scania R 480 LA 6×4 Highline

Caminhão rodoviário da linha Streamline com 480cv de potência desponta como um dos principais modelos da marca destinados a operações pesadas de longa distância

Câmara estuda projeto que reajusta valor de hora extra para carga e descarga
Scania e MAN não vão integrar operações
Volvo vende primeiro caminhão Euro 5

scnia-test-drive

O Portal Transporta Brasil, a convite da Scania, realizou um test drive com o R 480 LA 6×4 Highline, um dos modelos top de linha do mercado nacional, fabricado na planta de São Bernardo do Campo (SP).

O trajeto escolhido para o teste foi entre a fábrica no ABC Paulista e Miracatu (SP), na região da Serra do Cafezal, pelo trecho paulista da rodovia Régis Bittencourt (SP-230). O caminhão de 480cv de potência rodou aproximadamente 359 quilômetros. Ao todo, o veículo consumiu 244 litros de diesel e atingiu uma média de consumo de 1,47 km/l.

Para aprimorar a experiência, a equipe da montadora equipou o caminhão com um rodotrem Noma de nove eixos da Linha Basculante Fênix carregado, chegando a 72 t de PTBC (Peso Bruto Total Combinado).

Aylon José dos Santos, Master Driver da Scania que conduziu o veículo, apresentou as principais características do modelo, sobretudo a tecnologia embarcada, com recursos de ponta, como o bafômetro, o Driver Support (“instrutor” virtual que dá dicas de melhoria de condução ao motorista) e o sistema de câmbio Opticruise.

“É um veículo que, para nós que trabalhamos na estrada, sabemos que fará diferença. Isso porque você precisa se sentir à vontade para trabalhar bem no dia a dia, e com toda essa tecnologia facilita muito mais qualquer operação”, comentou o motorista.

scania-test-drive1

A bordo, logo podemos notar o alto padrão de conforto de toda a cabine leito de teto alto, com destaque para o silêncio durante a operação, além do espaço e maciez das poltronas e também da cama, suficiente para os momentos de relaxamento.

“A nossa prioridade nesse projeto foi buscar a comodidade para o motorista. Isso porque quanto mais confortável estiver o condutor, melhor será o transporte e seu rendimento, essa é a ideia”, comenta Marcelo do Prado, responsável por pré-vendas na Scania Brasil.

De fato, o R 480 é um veículo capaz de proporcionar uma experiência estável e suavizada de uma jornada de trabalho. Ao longo do trajeto, o veículo se comportou bem nos momentos em que a frenagem precisou ser acionada com mais ênfase, bem como na estabilidade durante as curvas acentuadas, destacando a utilização do freio auxiliar Scania Retarder, que tem como prioridade exigir menos de quem conduz. Nos trechos elevados, o R 480 pode demonstrar a capacidade do alto torque do motor (2.400 entre 1.000 e 1.350 RPM), mantendo um ritmo constante, sem prejudicar a média de velocidade.

scania-test-pequena“Hoje você é capaz de trabalhar integrado com o caminhão. Grande parte da operação é automatizada, como é o caso da embreagem e dos freios. O Retarder, por exemplo, é muito importante no sentido de oferecer uma segurança reforçada, segurando o caminhão quando necessário. Com esse veículo é possível o motorista escolher a opção mais adequada e ainda assim obter um retorno do próprio veículo, por meio do Driver Support, que indica o que deve ser melhorado e o que está correto. Isso gera no fim do mês uma economia de combustível e o aprimoramento do próprio trabalhador”, disse o Master Driver.

Além do visível cuidado com o conforto, desempenho e economia, outro aspecto bastante positivo do projeto do modelo é a segurança. Neste caso, o bafômetro acoplado destaca-se como um item diferencial. O motorista é obrigado a utilizar o equipamento para dar partida. Desta forma, por meio de toda a tecnologia embarcada, a operação de transporte é monitorada do início ao fim, desde a condição física de quem dirige até o desempenho nas estradas.

scania-test-parado

Em suma, o R 480 LA 6×4 Highline é um caminhão de alto padrão, com motor de sobra, exemplar no aspecto tecnológico e efetivo nas operações na malha rodoviária brasileira para transportadores que pretendem simplificar as operações com um caminhão de grandes composições.

No primeiro semestre, já foram vendidas 141 unidades do modelo, o que representou 11% dentro do mix de rodoviários da marca. O veículo pode ser adquirido por R$ 623.565,00.

COMMENTS