Volkswagen Truck & Bus GmbH forma Conselho de Administração

Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America, também participará da diretoria do grupo, que terá sede social na Alemanha

BR-163 em Mato Grosso passa a cobrar pedágio em oito praças
Governo do Peru adquire 17 VW Constellation transformados em hospitais móveis
Volvo Trucks lança edição especial do FH na Europa em homenagem a festival de heavy metal

man-vw-caminhoes

A Volkswagen Truck & Bus GmbH, holding que reúne os negócios de caminhões e ônibus da Volkswagen AG, formou um Conselho de Administração composto em uma base paritária. A sede social será em Braunschweig, na Alemanha.

“A composição do Conselho de Administração representa o próximo grande passo em direção ao fortalecimento da nossa importante área de negócios de veículos comerciais”, disse o Prof. Dr. Martin Winterkorn, presidente da diretoria da Volkswagen AG e do Conselho de Administração.

Segundo o executivo, o conselho e a diretoria trabalharão juntos para aproximar mais seus negócios com caminhões de médio e grande porte e suas marcas fortes, que são Scania, MAN Truck & Bus e MAN Latin America.

O Brasil está representado nesse conselho por Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America, que vai participar da diretoria dessa holding. Com 59 anos, o executivo começou a trabalhar na indústria automotiva no ano de 1979.

Os representantes dos acionistas que se juntam ao Prof. Dr. Winterkorn no recém-composto Conselho de Administração são Hans Dieter Pötsch, membro da da Volkswagen AG e responsável pelas Finanças e Controle; Dr. Francisco Javier Garcia Sanz, membro da diretoria da Volkswagen AG e responsável por Aprovisionamento; Dr. Leif Östling; Daniela Behrens, secretária estadual no Ministério da Economia, Emprego e Transporte da Baixa Saxônia; e Dr. Ferdinand Oliver Porsche.

Os representantes dos empregados no Conselho de Administração são Bernd Osterloh, presidente do conselho de trabalhadores da Volkswagen AG; Gunnar Kilian, secretário-geral do conselho de trabalhadores do Grupo Volkswagen; Athanasios Stimoniaris, presidente do conselho de trabalhadores do Grupo MAN; Günter Pröbsterm, presidente do conselho de trabalhadores da fábrica da MAN em Nuremberg; Johan Järvklo, representante do Sindicato Sueco dos Metalúrgicos na Scania; e Lisa Lorentzon, representante da Federação de Trabalhadores Assalariados da Indústria e Serviços na Scania.

“Juntamente com o Conselho de Administração, decidimos por Braunschweig porque o aeroporto de lá nos garante acesso direto às nossas marcas. Isso foi o fator decisivo para todos os envolvidos”, comentou Andreas Renschler, membro da diretoria da Volkswagen AG e responsável por Veículos Comerciais.

Em um próximo passo, a diretoria e o Conselho de Administração vão desenvolver a estratégia geral para as marcas de caminhões. “Nossa meta concreta é a de desenvolver uma aliança entre MAN, Scania e MAN Latin America para nos tornarmos um líder mundial”, ressaltou Renschler.

COMMENTS