Volkswagen Truck & Bus GmbH forma Conselho de Administração

Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America, também participará da diretoria do grupo, que terá sede social na Alemanha

Iveco tem novo campo de provas em sua fábrica em Minas
DAF comemora 2º ano de produção do caminhão XF105 no Brasil
Comissão da Câmara reconhece como crime uso e comercialização de jammers

man-vw-caminhoes

A Volkswagen Truck & Bus GmbH, holding que reúne os negócios de caminhões e ônibus da Volkswagen AG, formou um Conselho de Administração composto em uma base paritária. A sede social será em Braunschweig, na Alemanha.

“A composição do Conselho de Administração representa o próximo grande passo em direção ao fortalecimento da nossa importante área de negócios de veículos comerciais”, disse o Prof. Dr. Martin Winterkorn, presidente da diretoria da Volkswagen AG e do Conselho de Administração.

Segundo o executivo, o conselho e a diretoria trabalharão juntos para aproximar mais seus negócios com caminhões de médio e grande porte e suas marcas fortes, que são Scania, MAN Truck & Bus e MAN Latin America.

O Brasil está representado nesse conselho por Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America, que vai participar da diretoria dessa holding. Com 59 anos, o executivo começou a trabalhar na indústria automotiva no ano de 1979.

Os representantes dos acionistas que se juntam ao Prof. Dr. Winterkorn no recém-composto Conselho de Administração são Hans Dieter Pötsch, membro da da Volkswagen AG e responsável pelas Finanças e Controle; Dr. Francisco Javier Garcia Sanz, membro da diretoria da Volkswagen AG e responsável por Aprovisionamento; Dr. Leif Östling; Daniela Behrens, secretária estadual no Ministério da Economia, Emprego e Transporte da Baixa Saxônia; e Dr. Ferdinand Oliver Porsche.

Os representantes dos empregados no Conselho de Administração são Bernd Osterloh, presidente do conselho de trabalhadores da Volkswagen AG; Gunnar Kilian, secretário-geral do conselho de trabalhadores do Grupo Volkswagen; Athanasios Stimoniaris, presidente do conselho de trabalhadores do Grupo MAN; Günter Pröbsterm, presidente do conselho de trabalhadores da fábrica da MAN em Nuremberg; Johan Järvklo, representante do Sindicato Sueco dos Metalúrgicos na Scania; e Lisa Lorentzon, representante da Federação de Trabalhadores Assalariados da Indústria e Serviços na Scania.

“Juntamente com o Conselho de Administração, decidimos por Braunschweig porque o aeroporto de lá nos garante acesso direto às nossas marcas. Isso foi o fator decisivo para todos os envolvidos”, comentou Andreas Renschler, membro da diretoria da Volkswagen AG e responsável por Veículos Comerciais.

Em um próximo passo, a diretoria e o Conselho de Administração vão desenvolver a estratégia geral para as marcas de caminhões. “Nossa meta concreta é a de desenvolver uma aliança entre MAN, Scania e MAN Latin America para nos tornarmos um líder mundial”, ressaltou Renschler.

COMMENTS