Previsão produtiva da safra 2015/2016 sinaliza queda do açúcar e alta do etanol

Com forte aumento na demanda do combustível, produção de açúcar pode chegar a ser menor do que o volume registrado em 2015

Brado inicia operação de escoamento do açúcar de Araraquara (SP) para o Porto de Santos
Exportações do agronegócio brasileiro alcançam US$ 6,77 bi em dezembro de 2014
Porto de Paranaguá (PR) movimenta 1,9 milhão de toneladas em janeiro

cana mt

A Única (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) estima que a produção de açúcar do centro-sul do Brasil na atual temporada 2015/16 poderá ficar até um milhão de toneladas abaixo dos 31,8 milhões previstos inicialmente. Isso devido a uma maior produção de etanol, que poderá atingir 30 bilhões de litros na safra, ante 27,27 bilhões da previsão feita pela entidade em maio. As informações são da Agência Reuters.

A produção de açúcar pode chegar a ser menor do que o volume registrado no ano passado, quando o centro-sul produziu 32 milhões de toneladas, apesar de uma safra maior de cana neste ano projetada em 590 milhões de toneladas, contra 571,3 milhões de toneladas em 2014/15.

O diretor-técnico da entidade, Antonio de Padua Rodrigues, afirma que 20 milhões de toneladas de cana adicional do montante de 2015 serão basicamente usados para aumentar os volumes de etanol.

No Brasil, a demanda para o etanol vem apresentando uma crescente e no mês de maio chegou a 2,4 bilhões de litros, obtendo igualdade de volumes de gasolina pela primeira vez desde 2010.

COMMENTS