Ponte de 2,8 km é inaugurada em trecho da BR-101, em Laguna (SC)

Primeira ponte estaiada em curva do Brasil foi orçada em aproximadamente R$ 777 milhões; obra faz parte do PAC

Pedágio do trecho Curitiba- Florianópolis será reajustado em 13%
Concessionária investirá R$ 1,1 bilhão na BR-101/RJ nos próximos cinco anos
Comissões promovem assembleia para debater greve em obra de ponte em Santa Catarina

ponte-laguna-br

Foi inaugurada na quarta-feira (15/7), a ponte Anita Garibaldi, em Laguna (SC). Orçada em R$ 777 milhões e com seus 2,8 quilômetros de extensão, a maior estrutura elevada da duplicação da BR-101 em Santa Catarina deve eliminar um gargalo existente na rodovia. Obra faz parte do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

A rodovia, recentemente duplicada, apresentava tráfego lento em Laguna com afunilamento porque a travessia neste trecho era feita em pista simples, insuficiente para suportar o tráfego de cerca de 25 mil veículos por dia. No verão, o trecho entre as duas novas obras chegava a registrar 20 quilômetros de filas. O empreendimento está sob a responsabilidade do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), órgão vinculado ao Ministério dos Transportes.

A obra é considerada fundamental para a economia da Região Sul, uma vez que a BR-101 Sul é o principal corredor de acesso aos países do Cone Sul do Mercosul, além de ser a principal ligação rodoviária entre São Paulo e Buenos Aires (Argentina).

“Conseguimos realizar essa ponte porque superamos entraves que existem na infraestrutura do País. Temos que ter no Brasil uma infraestrutura de qualidade para desenvolver indústria e garantir emprego e segurança no tráfego”, disse a presidente da República, Dilma Rousseff, na inauguração.

Trata-se da primeira ponte estaiada em curva do País, com 2.830 metros de extensão, sendo 400 metros no vão central com estais (cabos); dois mastros de sustentação com 63 metros de altura; 136 estacas escavadas com diâmetro de 2,50 metros. Em sua construção foram utilizadas 20.000 toneladas de aço, 100.000 m³ de concreto e 251.500 m² de forma. Os blocos de concreto que formaram a ponte têm 90 toneladas.

COMMENTS