Embraer acumula backlog de US$ 22,9 bi no 2º trimestre

Embraer acumula backlog de US$ 22,9 bi no 2º trimestre

Carteira de pedidos firmes a entregar apresentou aumento de 12% frente ao trimestre anterior e o maior patamar da história da fabricante de aeronaves

Panalpina transporta helicópteros de grande porte com Antonov
Novo Ipanema 203 da Embraer realiza seu primeiro voo experimental
Governo assina contratos de concessão de quatro aeroportos

embraer

A Embraer informou nesta quarta-feira (15/7) que sua carteira de pedidos firmes a entregar, a chamada backlog, atingiu US$ 22,9 bilhões no segundo trimestre, o que representa um aumento de 12% frente ao trimestre anterior e o maior patamar da história da fabricante de aeronaves.

No primeiro trimestre, a carteira de pedidos firmes a entregar encerrou em US$ 20,4 bilhões. No período de abril a junho, empresa entregou 27 jatos para a aviação comercial e 33 para a aviação executiva, em um total de 60 aeronaves. Já no mesmo período do ano passado foram entregues 58.

O destaque do trimestre foram os US$ 2,6 bilhões em pedidos firmes, pelo atual preço de lista, anunciados durante o evento Paris International Air Show, realizado no mês de junho. Este montante inclui sete E190 para a chinesa Colorful Guizhou Airlines; dez E175 para a United Express, da United Continental Holdings; oito E175 para a americana SkyWest Airlines, a serem operadas pela Alaska Airlines; além de 15 E190-E2 e dez E195-E2 para a empresa de leasing norte-americana Aircastle.

COMMENTS