Segunda fase do Trecho Leste do Rodoanel (SP-021) será entregue no final de junho

Segunda fase do Trecho Leste do Rodoanel (SP-021) será entregue no final de junho

Obras tiveram investimentos de R$ 3,6 bilhões e contemplam a conexão entre a Rodovia Ayrton Senna (SP-070) e a Presidente Dutra (BR-116)

Trecho Norte do Rodoanel Mário Covas recebe licenças para obras em toda extensão do traçado
Interligação do Trecho Sul do Rodoanel com saída de Mauá (SP) ficará interditada por 90 dias
Governo conclui obras de asfaltamento na PA-431

rodoanel-trecho-obra

Após vistoria da segunda etapa do Trecho Leste do Rodoanel (SP-021) na quinta-feira (11/6), o governador Geraldo Alckmin reafirmou que as obras serão entregues ainda este mês.

As obras tiveram investimentos de R$ 3,6 bilhões e contemplam a conexão entre a Rodovia Ayrton Senna (SP-070) e a Presidente Dutra (BR-116).

“Esta é uma rodovia estratégica e com isso nos interligamos a Dutra, a Ayrton Senna e ao Porto de Santos com o Sistema Anchieta-Imigrantes. Depois, com as autoestradas Régis Bittencourt, Raposo Tavares, Castelo Branco, Anhanguera e Bandeirantes”, afirmou Alckmin. “Nós incluímos também o acesso a Estrada dos Fernandes. Uma obra de mais de R$ 160 milhões e com projeto executivo já em andamento para executarmos no segundo semestre”, completou.

Nesta segunda etapa, os trabalhos se concentram no momento em dois pontos: no Túnel da Transpetro, no km 124,5, e nas alças de acesso para a Rodovia Presidente Dutra. O túnel já está com as obras de engenharia concluídas na pista externa (sentido Ayrton Senna/Dutra), mas falta sinalização. Já na pista interna foi realizada a detonação da rocha que se encontrava bem no meio do trecho escavado. Nas alças de acesso à via Dutra o serviço de terraplenagem foi concluído e estão sendo executados os serviços de pavimentação.

“Fica faltando o Rodoanel Norte, em que estamos com seis frentes de trabalho simultâneas. Nossa previsão é de entregar em 2017”, antecipou o governador. “Assim fecharemos os 177 quilômetros do Rodoanel, inclusive com 3,5 quilômetros de autopista para chegar dentro do aeroporto de Cumbica e também o acesso ao porto de Santos. Isso integra e evita o trânsito por dentro de São Paulo”, afirmou.

COMMENTS