Roubo de cargas no Brasil sobe quase 37% entre 2010 e 2014

Roubo de cargas no Brasil sobe quase 37% entre 2010 e 2014

No ano passado foram registradas 17,5 mil ocorrências; 85,3% desses dos roubos são efetuados no Sudeste

Iveco vende 44 caminhões para transportadora Framento
Fábrica de Resende (RJ) da MAN Latin America completa 18 anos
Mitsubishi renova Fuso Canter

news-roubo-de-cargas-04-05

Segundo um balanço da NTC&Logística (Associação Nacional de Transporte de Cargas e Logísticas), houve no Brasil, em 2014, um total de 17,5 mil roubos de cargas, número 36,7% maior que em 2010, quando foram registrados 12,3 mil.

Ao todo, 85,3% desses tipos de roubos ocorrem no Sudeste, principalmente em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com o levantamento, os produtos eletrônicos são o principal alvo dos grupos devido ao elevado valor, embora o roubo de cargas de alimentos e bebidas também compõe boa parte das ocorrências.

Segundo o coronel Paulo Roberto de Souza, só em 2014, o roubo de cargas provocou um prejuízo de R$ 1 bilhão (cerca de US$ 322 milhões), e por isso o setor acende o sinal de alerta.

Em São Paulo, em 2015 já foram registrados 3.133 roubos de cargas. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, as autoridades desarticularam entre janeiro e maio sete grupos organizados, o que resultou na recuperação de R$ 25 milhões (cerca de US$ 8 milhões) em produtos e a detenção de cerca de 60 criminosos.

COMMENTS