Índice de mortes nas rodovias federais cai 25% durante feriado de Corpus Christi

Entre os dias 3 e 7/6, foram atendidos 1.937 acidentes, com 1.367 feridos e 102 mortes nas BRs

Férias sim, acidentes não! Vá e volte!
Número de mortes no trânsito sobe 23% no Brasil
Câmara não aprova socorro 24 horas em rodovias federais

acidentes-transito-numeos

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) divulgou nesta segunda-feira (8/6) um balanço que aponta queda de 25% no índice de mortes nas rodovias federais durante o feriado de Corpus Christi de 2015, na comparação com 2014.

De quarta-feira (3) a domingo (7), foram atendidos 1.937 acidentes, com 1.367 feridos e 102 mortes. Em 2014, foram 2.093 ocorrências que resultaram em 1.336 feridos e 129 mortos nas BRs.

Também houve redução de 3% no índice de feridos e de 13% no de acidentes. Os números contabilizam a quantidade de casos em relação à frota de veículos em circulação no Brasil.

A Polícia Rodoviária Federal ainda flagrou 1.085 motoristas dirigindo após ingerir álcool. Desses, 234 foram, além de multados, encaminhados à delegacia. Ao todo, foram aplicados 65.620 testes do bafômetro.

Ultrapassagens perigosas e irregulares foram, mais uma vez, responsáveis por algumas das ocorrências mais graves. Em uma delas, na noite de domingo, seis pessoas morreram após uma colisão frontal na BR-040, em Luziânia, no entorno do Distrito Federal. O condutor de um dos veículos, que dirigia alcoolizado, invadiu a pista contrária. No Paraná, um casal de irmãos morreu após uma colisão frontal na BR-476. O acidente, provocado por um veículo que transitava pela contramão, ainda deixou pelo menos quatro pessoas gravemente feridas.

Com informações da CNT

COMMENTS