Cosan encerra 1º trimestre com R$ 43,7 milhões de prejuízo

Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) caiu 6,1%, para R$ 876,5 milhões no mesmo período

ANTF divulga balanço do transporte ferroviário em 2012
Volume de carga da ALL cresce 10,4% no Brasil
ALL planta 65 mil mudas de árvores em MT

news-etanol-cosan-petrobras

A Cosan, grupo com negócios na área de energia e logística, encerrou o primeiro trimestre deste ano apresentando um prejuízo líquido de R$ 43,7 milhões, ante lucro de R$ 256,1 milhões no mesmo período de 2014.

Segundo a companhia, despesas relacionadas a honorários e indenizações decorrentes da conclusão da fusão da Rumo e ALL e pelo efeito de variação cambial contribuíram para o resultado negativo. Outro fator decisivo foi a desconsolidação dos resultados da unidade de logística Rumo a partir do quarto trimestre de 2014.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) caiu 6,1%, para R$ 876,5 milhões no primeiro trimestre.

As usinas da Raízen, produtora de açúcar e etanol, não apresentaram moagem ao longo do período, pois a safra 2014/15 foi encerrada em dezembro de 2014. O volume de cana-de-açúcar processada na safra 2014/15 pela Raízen (joint venture da Cosan com a Shell) totalizou 57,1 milhões de toneladas, redução de 7,1% ante a temporada anterior.

Com informações da agência Reuters

COMMENTS