Brasil e Peru discutem projeto de integração hidroviária

Especialistas estudam efetuar o escoamento de parte dos produtos brasileiros pelo Oceano Pacífico e dos peruanos, pelo Oceano Atlântico

Hamburg Süd oferece serviço de importação da África do Sul para Argentina e Brasil
PSA Peugeot Citroën produz 1 milhão de veículos no Brasil
Frota da aviação brasileira está concentrada no Sudeste e Centro-Oeste

hidrovias

A integração hidroviária entre Brasil e Peru foi discutida entre representantes dos dois países em uma reunião realizada no dia 5/5, em Brasília (DF), na sede da Antaq (Agência Nacional de Transporte Aquaviário).

A ideia de ambas as partes é permitir o escoamento de uma parcela dos produtos brasileiros pelo Oceano Pacífico e dos peruanos, pelo Oceano Atlântico. As negociações ente os governos começaram em 2013, durante uma visita da presidente Dilma Rousseff ao Peru.

Os representantes dos países, em conjunto com alguns empresários, debateram sobre os desafios ao comércio hidroviário bilateral, abordando temas como o alfandegamento no Porto de Tabatinga (AM), praticagem, melhorias na infraestrutura do país vizinho e tráfico de madeira. Discutiram também as oportunidades de negócios e os próximos passos na agenda bilateral. O projeto é coordenado pelo Ministério das Relações Exteriores brasileiro e pela instituição similar do Peru.

Também estão previstos outros projetos para a integração da infraestrutura entre as duas nações, como propostas envolvendo os modais ferroviário e rodoviário.

COMMENTS