Limite de peso permitido para caminhões que trafegam na BR-364 é alterado em trecho acreano

A pedido do Dnit, decisão foi tomada pelo Deracre devido aos altos índices pluviométricos de chuva na região

BR-364 será repavimentada entre Rio Branco e Sena Madureira, no Acre
Fiscalização de carga pode ser feita em dois postos no Acre
Governo vai construir ponte unindo Brasil e Bolívia

acre-alagada-rodovia

O Deracre (Departamento de Estradas e Rodagens do Acre) alterou o limite de peso permitido para caminhões que trafegam na BR-364, a pedido do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) em Rio Branco (AC).

A partir desta quarta-feira (1º de abril), o tráfego para carreta será interrompido, ficando estabelecido o PBT (Peso Bruto Total), que é a carga mais o peso do caminhão, de nove toneladas para caminhões 3/4, 12 toneladas para caminhões toco e 18 toneladas para caminhões trucados.

A decisão foi tomada devido aos altos índices pluviométricos de chuva na região. Por esse motivo, os serviços têm sido prejudicados e as carretas têm dificuldade em transitar na rodovia em alguns trechos.

“Pretendemos manter essa alteração dos pesos até pelo menos o fim do inverno, até que se possa fazer um serviço com melhor qualidade, que esteja mais seca a pista e consiga ter um suporte melhor, então pelo menos por uns 30 a 40 dias até passar esse inverno” afirma supervisor do Dnit em Rio Branco, o engenheiro Thiago Caetano.

COMMENTS