Demanda na aviação civil no Brasil cresce 2,9% em março

De acordo com a Anac, resultado foi recorde para o mês nos últimos dez anos

Aeroportos no interior paulista têm capacidade superada, aponta especialista
Aeroporto de Confins (MG) recebe quatro novas pontes de embarque
Aeroporto Viracopos (SP) registra aumento de 6,84% na movimentação de passageiros

jk-aeroporto-brasilia

De acordo com dados da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a demanda pelo transporte aéreo doméstico de passageiros cresceu 2,9% em março, comparando com o mesmo período de 2014. O resultado obtido foi recorde para o mês nos últimos dez anos.

O índice considera contabiliza passageiros pagantes transportados por quilômetro. No ano, a demanda acumula alta de 5,6%, enquanto a oferta cresceu 4% no trimestre.

Dentre as principais empresas brasileiras, a Avianca e a Azul apresentaram os maiores crescimentos na demanda doméstica em março de 2015, com acréscimo de 18,9% e de 10,7%, respectivamente. Já a Tam apresentou crescimento de 0,2% e a Gol retração de 1,8%.

A taxa de aproveitamento das aeronaves em voos domésticos operados por empresas brasileiras foi da ordem de 77,3%, com redução de 0,3% em relação ao mesmo mês de 2014. Ao todo, foram transportados 7,8 milhões de passageiros em março. Esse indicador registra variação positiva há 18 meses consecutivos.

A demanda de passageiros por voos internacionais cresceu 4,9%. Já a oferta internacional registrou o oitavo mês consecutivo de crescimento, com alta de 10,5% em comparação ao mês de março de 2014, e foi o recorde para o mês nos últimos dez anos.

Com informações da CNT

COMMENTS