Venda de pneus fabricados no Brasil cai 3,4% no 1º bimestre

Venda de pneus fabricados no Brasil cai 3,4% no 1º bimestre

Decréscimo mais significativo no mercado interno ficou por conta do fornecimento de pneus de carga, com baixa de 40,9%

Produção de pneus no Brasil mantém estabilidade, mas vendas caem 18,5%
Produção de pneus no Brasil permanece praticamente estável em 2014
Balança comercial do setor de pneus termina 2014 com déficit de US$ 144,9 milhões

pneus-deposito-novos

Dados divulgados pela Anip (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos) apontam que as vendas totais das 11 produtoras associadas diminuíram 3,4%, e ficou consolidada em 12,03 milhões de unidades.

Nas vendas às montadoras, foi percebida uma queda de 19,4% na comparação com os primeiros dois meses de 2014. A principal redução no mercado interno ficou por conta do fornecimento de pneus de carga, com baixa de 40,9% nos volumes na comparação com o ano passado.

A associação acredita principalmente que os baixos desempenhos são resultados do desaquecimento da economia e das dificuldades enfrentadas pelos caminhoneiros e transportadores para modernizar a frota.

As exportações de pneus sofreram decréscimo de 17%, para 1,85 milhão de unidades, afetadas pela expressiva queda de 29,5% nas vendas à Argentina. As importações também caíram: -29,6%, para 3,79 milhões de unidades no primeiro bimestre.

Apesar da forte queda nas vendas, a produção teve cresceu 1,1% para 11,83 milhões de unidades, o que pode significar esforço das empresas para manter a atividade em suas fábricas. A alta deve resultar em aumento dos estoques.

COMMENTS