Esquadrão da FAB completa mil horas de voo com aeronaves de caça A-1M

Marca foi alcançada durante uma missão de apoio aéreo aproximado, realizada na Base Aérea de Santa Maria (RS)

Boeing recebe maior pedido de sua história, avaliado em R$ 38 bi
United Airlines encerra 2014 com US$ 1,97 bi de lucro líquido
Azul e Sky anunciam serviço de TV ao vivo nas aeronaves

a1m-fab-aviao

A FAB (Força Aérea Brasileira) informou que o Esquadrão Adelphi completou mil horas de voo com suas aeronaves de caça A-1M.

A marca foi alcançada durante uma missão de apoio aéreo aproximado, realizada no início de março, durante o Exercício Boca do Monte, na Base Aérea de Santa Maria (RS).

Desenvolvido pelo Brasil em parceria com a Itália, o caça A-1 entrou em operação na FAB em 1989. Em setembro de 2013, o Esquadrão Adelphi recebeu o primeiro A-1M, versão modernizada com radar multimodo, novos sistemas de navegação e mira, equipamentos para enganar os sistemas de guiagem de mísseis inimigos e uma cabine mais moderna, entre outras modificações. A modernização é realizada na fábrica da Embraer em Gavião Peixoto (SP).

O Esquadrão Adelphi, sediado na Base Aérea de Santa Cruz, no Rio de Janeiro, recebeu três A-1M. Os Esquadrões Poker e Centauro, ambos da Base Aérea de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, operam as versões A-1A e A-1B.

COMMENTS