Câmara aprova anistia para multas de caminhoneiros que bloquearam rodovias durante protestos

Câmara aprova anistia para multas de caminhoneiros que bloquearam rodovias durante protestos

Proposta contempla motoristas que participaram dos bloqueios nas rodovias no Brasil entre 18/2 e 2/3; texto foi encaminhado para o Senado Federal

Pesado Actros recebe nova tecnologia de frenagem automática
Volkswagen é considerada a marca de caminhões mais desejada do Brasil
Iveco apresenta caminhão conceito Glider no Salão de Hannover

fila-caminhao-greve

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira (10/3) um projeto de lei que isenta das multas os motoristas de caminhão que bloquearam rodovias no Brasil entre 18/2 e 2/3, por motivo de protesto. A proposta foi encaminhada para o Senado Federal.

O projeto foi apresentado no dia 2/3, pelo autor do texto e líder da oposição, deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), e outros parlamentares. A proposta limita os tipos de veículos e as infrações cometidas para não criar uma anistia geral para toda e qualquer infração de trânsito que tenha ocorrido no período mencionado.

Pelo projeto, serão anistiadas as multas por estacionamento na pista de rolamento, nos acostamentos, nos cruzamentos ou por impedir a movimentação de outros veículos, bem como bloqueio da via com o caminhão.

“Nosso objetivo é não onerar ainda mais os caminhoneiros que protestaram legitimamente pelos seus direitos”, comentou Araújo.

COMMENTS