Volume de operações na Ferroeste apresenta alta de 26%

Resultado positivo corresponde ao exercício de 2014, quando foram movimentadas cerca de 770 mil toneladas de produtos

Paraguai busca financiamento para ligação de malha ferroviária com Porto de Paranaguá (PR)
Ferroeste realizará leilão de 350 toneladas de trilhos de trem
ANTT anuncia traçado de novo corredor ferroviário do Paraná

ferroeste-06-14

A Ferroeste, operadora ferroviária com base no Estado do Paraná, encerrou 2014 com crescimento aumento de 26% nos volumes movimentados em relação a 2013.

Aproximadamente 770 mil toneladas foram movimentadas, sendo 39,7% grãos e congelados destinados ao mercado de exportação. Cerca de vinte mil vagões foram carregados e transportados no ano passado.

Em nota, a empresa afirmou que o bom resultado se deve ao esforço de buscar melhora das operações, o que inclui a aquisição de novas locomotivas, definição de novos fluxos ferroviários e redução do ciclo de vagões.
As importações de cimento, combustíveis e fertilizantes representaram 32% das cargas transportadas e 28,3% do volume correspondeu ao fluxo interno exclusivo entre Cascavel e Guarapuava.

O faturamento da empresa também cresceu. Quando comparado com os números de 2013, a receita foi superior em 24%, cerca de R$ 15,2 milhões. O melhor resultado dos últimos quatro anos.

Os principais produtos movimentados em 2014 foram soja a granel (31%), contêineres frigorificados (22%), cimento (13,5%), milho (11%), combustíveis (7,5%), fertilizantes (10%) e óleo vegetal (3%).

A média histórica de movimentação dos contêineres da Ferroeste era de 200 unidades mensais. Com a implantação do terminal de congelados da Cotriguaçu, em Cascavel, o volume de contêineres transportados aumentou em quatro vezes.

COMMENTS