Porto de Paranaguá (PR) movimenta 1,9 milhão de toneladas em janeiro

Produtos agrícolas foram o destaque do período, com ênfase no milho, que apresentou alta de 23% em relação ao mesmo mês do ano passado

Exportações do agronegócio brasileiro alcançam US$ 6,77 bi em dezembro de 2014
Rumo inaugura primeira fase de terminal em Itirapina (SP)
Estudo mede impactos da política tarifária de fretes no agronegócio

porto-paranagua-antonina

A movimentação de cargas no Porto de Paranaguá (PR) foi intensa no primeiro mês de 2015. Os melhores desempenhos ficaram por conta dos produtos agrícolas. O milho, por exemplo, apresentou alta de 23% em relação ao mesmo mês do ano passado, já o açúcar, apresentou evolução de 3% nas operações.

Ao todo, foram embarcados 594 mil toneladas do grão e 476 mil toneladas de açúcar. Somando também embarques de soja, trigo, farelos e veículos, o volume de embarque chegou a 1,9 milhão de toneladas, 5% a mais do que o registrado em janeiro de 2014, quando foram exportadas 1,8 milhão de toneladas.

O resultado já tinha sido antecipado com os números do Corredor de Exportação, por onde escoam exclusivamente grãos e farelo. Houve um recorde, com a movimentação de 984 mil toneladas embarcadas.

Somando granéis, granéis líquidos e cargas gerais, a movimentação registrada nos Portos de Paranaguá e Antonina chegou aos 3,1 milhões de toneladas em 2015.

Em janeiro foram importadas 1,2 milhão de toneladas, o que representa a maior alta registrada na entrada de veículos pelo porto paranaense.

Neste mês de janeiro, 3.248 unidades de carros foram importados por Paranaguá, 12% a mais do que o registrado no mesmo mês do ano passado.

A entrada de contêineres também obteve acréscimo. Foram 10% mais contêineres importados do que no primeiro mês de 2014, chegando a 30,7 mil TEUs (movimentações de contêineres de 20 pés).

COMMENTS