Tarifa média da aviação doméstica brasileira foi de R$ 324 no 1º semestre de 2014

Segundo a Anac, valor consolidado no período é 0,53% superior à tarifa média do mesmo período de 2013

Anac pode cassar autorização da Pluna
Transporte aéreo de passageiros cresce 4,1% em fevereiro e acumula 17 meses de aumento
Japi Aeronaves concretiza homologação para atender com modelos King Air 250

anac-passageiros-aeroporto

A tarifa média praticada pelo setor de transporte aéreo doméstico no primeiro semestre de 2014 foi de R$ 324,45. O número foi publicado no relatório divulgado recentemente pela Anac (Agência Nacional da Aviação Civil), que levou em consideração dados de mais de 25 milhões de assentos vendidos entre janeiro e junho do ano passado e de mais de 52 milhões em 2013, que correspondem à totalidade das vendas efetivamente realizadas pelas companhias aéreas junto ao público adulto em geral.

O valor consolidado no primeiro semestre é 0,53% superior à tarifa média do mesmo período de 2013, sendo que 60,9% dos assentos comercializados de janeiro a junho de 2014 corresponderam a tarifas inferiores a R$ 300. Já 14,5% do total de cadeiras destinadas ao público adulto em geral custaram menos de R$ 100. Tarifas superiores a R$ 1.500 responderam por 0,54%.

Conforme a agência, após dez anos de forte redução das tarifas aéreas domésticas e do crescimento da oferta, da demanda e do aproveitamento das aeronaves, o setor vem passando por ajustes na estrutura de tarifas e da oferta.

Não são considerados no cálculo dos indicadores os dados de tarifas corporativas; tarifas vinculadas a pacotes terrestres e turísticos; tarifas de fretamento; assentos oferecidos gratuitamente ou com desconto diferenciado a tripulantes ou empregados da empresa aérea; assentos oferecidos gratuitamente ou com desconto diferenciado a crianças; e programas de fidelização, pontuação, milhas ou similares.

Com informações da agência CNT

COMMENTS