Governo deve decidir em fevereiro se aumenta percentual de etanol na gasolina

Quantidade de etanol anidro na gasolina vendida está estipulada em 25%. mistura pode chegar a 27,5%

Câmara analisa projeto que estabelece Política Nacional de Transporte Rodoviário de Combustíveis
AQCES amplia operações de transporte de cana-de-açúcar para a Raízen
Sem Parar é liberado para pagar abastecimento em postos de gasolina

aumento-diesel-gasolina

O governo federal pretende decidir ainda em fevereiro se a quantidade de etanol adicionado à gasolina vendida nos postos brasileiros será alterada para 27,5%.

Luiz Moan, presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), disse que está agendada uma reunião técnica na próxima quarta-feira (28/1) e prevê que o anúncio da decisão deva acontecer no dia 2/2.

O dirigente da associação também informou que se reuniu no dia 22/1 com o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, e representantes de entidades do setor de petróleo, gás natural e combustíveis.

Hoje, o percentual de etanol anidro misturado à gasolina vendida para o consumidor brasileiro está estipulada em 25%.

A presidenta Dilma Rousseff sancionou um projeto de lei em setembro de 2014 com a intenção de permitir o aumento do percentual para 27,5%, mas a viabilidade técnica dessa mistura ainda deve ser comprovada.

Para Moan ainda não há definição do percentual a ser adotado, e ressalta a falta de estudos sobre durabilidade e desempenho dos veículos com quantidade maior de etanol nos tanques.

Com informações da Agência Brasil

COMMENTS