GM celebra 90 anos no Brasil

GM celebra 90 anos no Brasil

Montadora que já produziu 14,5 milhões de veículos no País investirá, de 2015 a 2018, R$ 6,5 bi para desenvolvimento de novos produtos, tecnologia e reformulação da linha de automóveis

Mercedes-Benz comemora 60 anos de operações no Brasil
GM comemora 15 anos do Complexo industrial de Gravataí (RS)
ID Logistics comemora 12 anos em operação no Brasil

gm-sao-caetano

A General Motors comemora, no dia 26/1, 90 anos atuando no Brasil e a produção de 14,5 milhões de veículos produzidos no País. A celebração começa com a inauguração do MASC, novo centro logístico de recebimento e armazenamento de materiais no complexo industrial da GM, em São Caetano do Sul (SP), visando elevar produtividade.

Desde a montagem do primeiro Chevrolet em um galpão no bairro paulistano do Ipiranga, em 1925, até o início de janeiro 14,5 milhões de veículos GM foram produzidos no País. Isso representa aproximadamente um quarto do montante total de automóveis feitos localmente.

O primeiro carro nacional de passeio da Chevrolet foi o Opala, apresentado em 1968. Outros modelos de sucesso foram lançados posteriormente, como o Chevette, a D20, o Monza, o Kadett, o Corsa, o Vectra, o Omega e o Astra. A GM chegou a produzir paralelamente outros tipos de produtos, como baterias, aparelhos de ar-condicionado e até geladeiras. Mais de dois milhões de exemplares foram feitos dos anos 50 aos 70.

A companhia possui três complexos industriais de produção de veículos: São Caetano do Sul (SP), São José dos Campos (SP) e Gravataí (RS). Conta ainda com unidades em Mogi das Cruzes (SP), voltada para produção de componentes estampados e peças; o centro logístico de Sorocaba (SP); campo de provas de Indaiatuba (SP) e centro tecnológico, em São Caetano do Sul, com capacidade para desenvolvimento completo de novos veículos. A GM do Brasil também tem em Joinville (SC) linhas industriais de onde saem motores e cabeçotes de alumínio.

Investimento bilionário

Coincidindo com o período comemorativo, a montadora anuncia o início da execução do maior plano de R$ 6,5 bilhões em investimentos, que deverão ser aplicados até 2018

O montante deverá ser utilizado para aprimorar o desenvolvimento de novos produtos, a atualização da linha de veículos e no desenvolvimento de tecnologias ligadas à eficiência energética e conectividade.

COMMENTS