Fiat receberá R$ 649,9 milhões do BNDES para ampliar produção e reestilizar veículos

Financiamento também contempla a construção de galpões e de pátios para armazenamento de embalagens, instalação de novas máquinas, equipamentos e ferramentais

Infraestrutura terá R$ 2 bi para rodovias e caminhoneiros terão R$ 500 mi via BNDES
BNDES libera verba para CPTM adquirir 35 novos trens
Minuta do edital de concessão de Aeroporto Internacional em Natal (RN) é liberada em site da ANAC

fiat-montadora-bndes

A montadora Fiat receberá do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) um financiamento de R$ 649,9 milhões até dezembro de 2016. Quantia será para adequação e aumento de índices de nacionalização de motores e veículos, reestilização do automóvel Bravo, manutenção de linhas de produção.

O financiamento também inclui aplicação em obras civis, montagens, instalações associadas à adequação das linhas de montagem e à ampliação da capacidade de produção da indústria. Também está contemplada a construção de galpões e de pátios para armazenamento de embalagens, instalação de novas máquinas, equipamentos e ferramentais.

Além da certificação ISO de seu sistema de gestão de energia, a Fiat vem realizando um conjunto de investimentos para redução de impactos ambientais de suas atividades produtivas: elevação para 99% do índice de circulação de água utilizada na fábrica em Betim; redução de consumo de energia, por meio da utilização de iluminação e ventilação natural; diminuição de resíduos do processo de produção; e aumento do índice de reciclagem.

COMMENTS