Brasil bate recorde com colheita 192,8 milhões de toneladas de grãos em 2014

Resultado é 0,9% menor que a estimativa feita em novembro para a safra do ano passado

Brasil tem safra de grãos recorde
Clima seco e quente ameaça desempenho da safra de soja 2014/15
Previsão produtiva da safra 2015/2016 sinaliza queda do açúcar e alta do etanol

safra-graos

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o Brasil colheu 192,8 milhões de toneladas de grãos em 2014, o que representa um recorde: 2,4% acima do obtido em 2013. Apesar do bom resultado, a quantidade é 0,9% menor que a estimativa feita em novembro para a safra do ano passado.

Considerando os 26 principais produtos, 15 subiram na estimativa de produção em relação ao ano anterior: algodão herbáceo em caroço (26%), amendoim em casca 2ª safra (35,9%), arroz em casca (3,3%), batata-inglesa 3ª safra (24,6%), cacau em amêndoa (7,3%), café em grão – canephora (22,2%), cebola (6,4%), feijão em grão 1ª safra (29,1%), feijão em grão 2ª safra (1,3%), mamona em baga (203,8%), mandioca (8,8%), milho em grão 2ª safra (3,9%), soja em grão (5,8%), sorgo em grão (3,9%) e trigo em grão (8%).

Por outro lado, 11 produtos tiveram produção reduzida: amendoim em casca 1ª safra (14,6%), aveia em grão (23,0%), batata-inglesa 1ª safra (0,8%), batata-inglesa 2ª safra (0,2%), café em grão – arábica (15,6%), cana-de-açúcar (6,7%), cevada em grão (19,7%), feijão em grão 3ª safra (9,7%), laranja (8,8%), milho em grão 1ª safra (10,4%) e triticale em grão (5,8%).

O instituto também desenvolveu o terceiro prognóstico para a safra de 2015, e estimou a colheita de 202,9 milhões de toneladas. Este aumento deve-se às maiores produções previstas para Nordeste, Sudeste e Sul, com altas de 24,7%, 10,5% e 7,5% respectivamente.

Com informações do G1

COMMENTS