Veículo híbrido poderá ser incluído no Inovar-Auto

Redução do Imposto de Importação para esse tipo de automóvel indica o início do processo de incentivo

Montadora assina protocolo de intenção de instalação de linhas de montagem no ES avaliado em mais de R$ 500 mi
IPVA Rio Grande do Norte 2014
Volkswagen do Brasil registra aumento de 63% nas exportações

montadora-veiculos-producao

O Inovar-Auto (Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores) poderá incluir em seu regime a produção de carros híbridos, aqueles que podem usar eletricidade e combustíveis. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

A redução do Imposto de Importação para esse tipo de veículo, que fora anunciada recentemente, foi o início do processo de incentivo. A diminuição da taxa, de 35% para alíquotas que variam de 7% a zero, entrou em vigor no dia 1.º de outubro. A tributação é menor para os carros com menor consumo energético e maior grau de agregação de valor no Brasil.

A nova versão do Inovar-Auto deve estipulará prazos para empresas realizarem a agregação de valor e iniciarem a produção das unidades contempladas no Brasil. As indústrias habilitadas beneficiadas pelo estímulo deverão participar das próximas fases.

A conversão do motores deverá ser uma das etapas iniciais, uma vez que todos os veículos importados funcionam com motor a gasolina e elétrico. O programa deverá determinar a conversão, no Brasil, dos propulsores para flex, de forma a permitir também o uso de etanol como combustível.

COMMENTS