Randon fecha 3º trimestre com recuo de 20% na receita líquida

Randon fecha 3º trimestre com recuo de 20% na receita líquida

Baixo desempenho das vendas de caminhões foi o principal estímulo da queda no período

ID Logistics estuda plano de aquisições para impulsionar crescimento
Transporte rodoviário de cargas necessita de reajuste de 9,66% no frete praticado
Queda nas exportações e retração no crédito preocupam indústria automobilística

randon-2012

A fabricante de implementos rodoviários Randon apresentou decréscimo de 20% na receita líquida do terceiro trimestre de 2014. O baixo desempenho do setor de veículos de carga no Brasil foi o principal motivo da forte queda. Nos primeiros nove meses, as vendas de caminhões no País acumulam queda de 14%, segundo dados do segmento.

A empresa encerrou o mês de setembro com faturamento líquido consolidado de R$ 330 milhões, o que completou receita líquida no trimestre passado de R$ 887 milhões ante R$ 1,113 bilhão registrado um ano antes.
Segundo a Randon, a receita líquida consolidada da companhia mostra queda de 9,5% de janeiro a setembro, a R$ 2,867 bilhões.

Além dos dados consolidados da Randon, a controlada Fras-le, voltada à produção de materiais de fricção como freios, também divulgou resultados, e consolidou alta de 27% no faturamento de setembro sobre o mesmo período do ano passado, para R$ 76,9 milhões.

COMMENTS