Dersa recebe proposta de 22 empresas para construção do túnel Santos-Guarujá (SP)

Início das obras está previsto para janeiro de 2015, com duração de 44 meses

Construtora Pavsolo adquire 34 caminhões Volkswagen Constellation
Rossetti fornece caçambas basculantes para as obras da usina de Belo Monte
Com licença do Ibama, Porto de Ilhéus (BA) sairá do papel

projeto-santos-guaruja

A Dersa Desenvolvimento Rodoviário recebeu nesta terça-feira (4/10) documentos e propostas de metodologia para a execução das obras do Submerso – Túnel Santos-Guarujá. O empreendimento que ligará os dois municípios do litoral paulista interessa 22 grandes empresas, que concorrerão organizadas em sete consórcios e um concorrente isolado.

A abertura da primeira fase da licitação internacional, de pré-qualificação, revelou interesse de 13 companhias brasileiras (JMalucelli, Andrade Gutierrez, CR Almeida, Camargo Corrêa, Carioca Engenharia, Odebrecht, OAS, Queiroz Galvão, Construcap, Constran, Piacentini Tecenge do Brasil, Técnica Construções e Cobrasa Construtora) e nove estrangeiras, sendo três da Espanha (Ferrovial Agroman, FCC e Acciona), três da Itália (Salini Impregilo, Grandi Lavori Fincosit e Ing. E. Mantovani), uma da Holanda (Strukton), uma da Coreia do Sul (Daewoo) e uma da Turquia (Nurol Insaat VE Ticaret).

O início das obras está previsto para janeiro de 2015, com duração de 44 meses. O contrato está orçado em R$ 1,98 bilhão, montante que contará com recursos do Tesouro do Estado, além de um financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

A previsão da Dersa é iniciar a segunda etapa em novembro de 2014. Vencerá a licitação o licitante qualificado cuja proposta comercial resultar no menor preço global para a obra.

O Submerso ligará as duas margens do Porto de Santos. O Submerso tem o valor total estimado de R$ 2,8 bilhões.

COMMENTS