São Paulo inaugura trecho do primeiro monotrilho do Brasil

São Paulo inaugura trecho do primeiro monotrilho do Brasil

Operação foi iniciada para testes. Por cerca de 60 dias, passageiros poderão usufruir gratuitamente de três quilômetros da Linha 15-Prata, que por enquanto liga as estações Vila Prudente e Oratório

Oito países marcam presença na Expo Aero Brasil 2012, em São José dos Campos (SP)
Volvo apresenta nova linha de caminhões 2021
Mercedes-Benz do Brasil está eletrificada

monotrilho-sp-metro

Depois de quatro anos de obras e adiamentos, o sexto ramal do Metrô de São Paulo foi aberto ao público neste dia 30/8. A Linha 15-Prata, em forma de monotrilho, inicia suas operações com o modesto trecho de 2,9 quilômetros entre as estações Vila Prudente e Oratório, na zona leste da Capital. O trajeto inaugurado dura aproximadamente quatro minutos e deverá atender 13.300 passageiros por dia.

Com a inauguração, o sistema de metrô paulista passa a contar com 78,4 quilômetros de extensão e 67 paradas.

A operação está em fase de testes. Por enquanto, o público só pode utilizar o transporte aos sábados e domingos, das 10h às 15h, com entrada gratuita. A operação comercial deverá ser iniciada em 60 dias. Cada trem da linha fornece 120 assentos, ante 264 dos da frota K e 368 da antiga frota C, sendo as duas da Linha 3-Vermelha.

O Metrô realizará campanha educativa sobre a utilização do monotrilho, com dicas de como usar o novo sistema de forma segura e adequada.

A segunda fase da Linha 15-Prata contemplará a ligação da estação Oratório a São Mateus, na zona leste de São Paulo, com extensão de 10,1 quilômetros e oito estações. O último trecho terá 11,4 quilômetros e sete estações, e ligará São Mateus e o Hospital Cidade Tiradentes, além disso, também está contemplada nesta etapa a extensão de 2,1 quilômetros da linha até o Ipiranga, conectando com a estação Ipiranga da CPTM (Linha 10-Turquesa).

Ao todo, a Linha 15-Prata terá 26,6 quilômetros de extensão, 18 estações e dois pátios de estacionamento e manobra. Com isso, será o maior trajeto de monotrilho do mundo. Está previsto o atendimento médio de 520 mil passageiros por dia. O empreendimento, pelos dados iniciais, estará completo em 2016, e custará R$ 6,4 bilhões.

COMMENTS