Santos Brasil bate recorde de eficiência em movimentação de contêineres

Empresa movimentou 1.694 unidades em pouco mais de oito horas e atingiu índice de 193,82 MPH (movimentos por hora)

Terminal de Contêineres de Paranaguá (PR) inicia operação de importação por meio de ramais ferroviários
Armador da CMA CGM inicia escala semanal no Terminal de Vila Velha, no Porto de Vitória (ES)
TCP, em Paranaguá, recebe lote de transtêineres para o cais de atracação

santos-brasil-guindaste

A prestadora de serviços portuários e logísticos Santos Brasil registrou um recorde no terminal de contêineres de Santos (SP) ao realizar a movimentação de 1.694 unidades em pouco mais de oito horas e atingir o índice de 193,82 MPH (movimentos por hora).

A média, superior a três contêineres movimentados por minuto, foi alcançada na operação de descarga do navio Cap San Nicolas, da Hamburg Süd, no dia quatro de setembro. Ao lado do Cap San Marco, o navio ocupa hoje o posto de maior unidade da Hamburg Süd em operação.

Com capacidade para armazenar 9.600 TEU (unidade referente a contêineres de 20 pés) e 332 metros de comprimento, é considerado um navio do tipo Super-Post Panamax (tamanho que utiliza todo o potencial de navegação do canal do Panamá).

“Os terminais de contêineres em todo o mundo precisaram se adaptar ao rápido aumento de tamanho dos navios porta-contêineres. Na Santos Brasil, antecipamos esse movimento e elegemos o investimento em inovação tecnológica, segurança e capacitação da equipe como diretriz estratégica. Olhar para o futuro, prever a demanda do mercado e preparar os nossos ativos para entregar resultados é essencial no nosso negócio”, afirma Antonio Carlos Sepúlveda, presidente da Santos Brasil.

COMMENTS