Câmara analisa projeto que cria sinalização complementar obrigatória no trânsito

Locais das vias públicas onde tenha placa de parada obrigatória deverão contar com a palavra “pare” pintada no chão, sempre que a via for pavimentada

Câmara de SP aprova fim de multa para quem desrespeita rodízio da cidade
Câmara analisa projeto que determina instalação de alarme de caçamba levantada em caminhões
Vereadores de SP aprovam lei que acaba com multa do rodízio

pare-placa-projeto

Está sendo analisado pela câmara dos deputados o Projeto de Lei 7071/14, do parlamentar Osvaldo Reis (PMDB-TO), que determina que locais das vias públicas onde haja placa de parada obrigatória contem com sinalização complementar.

Nesses pontos, deverá ser pintada a palavra “pare” no chão, sempre que a via for pavimentada. Hoje, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB – Lei 9.503/97) prevê as sinalizações sempre que necessário, porém sem estabelecer a obrigatoriedade conforme prevê o projeto.

Conforme o texto, cruzamentos, aproximações de rotatórias e outros locais sem visibilidade adequada são pontos críticos em relação à segurança de trânsito. “Nesses lugares, em geral, é alta a incidência de acidentes”, alega o deputado.

A proposta concede prazo de 180 dias aos órgãos de trânsito, após a sanção da nova lei, para adotarem a medida.

O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Com informações da Agência Câmara

COMMENTS