Embraer firma contrato com a Japan Airlines para um pedido firme de 15 E-Jets

Valor do pedido que contempla modelos E170 e E190 é de US$ 677 milhões

Boeing deve cooperar com o Brasil para elaboração de biocombustíveis
Bombardier abre escritórios no Brasil, Cingapura e Austrália
Em dez anos, transporte aéreo doméstico no Brasil cresce 3,5 vezes mais que o PIB

embraer-jatos-pedido

A fabricante de aeronaves Embraer assinou contrato com a JAL (Japan Airlines) para um pedido firme de 15 E-Jets, contemplando os modelos E170 e E190, além de doze aeronaves adicionais da família de E-Jets.

O valor do pedido firme é de US$ 677 milhões. A encomenda será incluída na carteira de pedidos firmes da Embraer do terceiro trimestre de 2014.

Todas as aeronaves serão operadas pela J-Air, subsidiária integral da Japan Airlines que tem sua sede no aeroporto de Itami, em Osaka (Japão).

Este pedido se soma aos 15 jatos E170 que a companhia aérea voa atualmente. As entregas dos novos E-Jets estão previstas para começar em 2015.

A J-Air opera atualmente 176 voos diários em toda a sua rede, que alcança 21 cidades incluindo as japonesas Osaka-Itami, Sapporo, Sendai, Kagoshima, Miyazaki e Fukuoka.

COMMENTS