ALL termina 2º trimestre de 2014 abaixo das expectativas

ALL termina 2º trimestre de 2014 abaixo das expectativas

Lucro líquido foi de líquido de R$ 93,8 milhões; previsão estava estipulada em R$ 130 milhões

ALL realiza carregamento teste de grãos no terminal de Itiquira (MT)
ALL prorroga inscrições para programa de trainee
Em período de recuperação, Ferroeste amplia frota que opera entre Cascavel (PR) e Guarapuava (PR)

all-trem

A ALL – América Latina Logística fechou o segundo trimestre com lucro abaixo das expectativas. As operações ferroviárias tiveram fraca demanda e também houve significativa queda no volume transportado pela unidade Ritmo Logística. As informações são da agência Reuters.

O lucro líquido foi de líquido de R$ 93,8 milhões. A previsão estava estipulada em R$ 130 milhões. No segundo trimestre do ano passado, foi registrado prejuízo de R$ 74,4 milhões.

A receita líquida consolidada da ALL somou R$ 1,077 bilhão, alta anual de 4,1. Analistas esperavam avanço de 7% na receita líquida.

O volume transportado pelas operações ferroviárias da ALL cresceu apenas 0,9% na comparação anual. Um dos motivos para o baixo desempenho foi que a China reduziu bruscamente sua demanda de importação de grãos do Brasil durante o período. Além disso, a ALL alega que sofreu em junho com o volume excessivo de chuvas, que interrompeu trechos na região Sul por cerca de 10 dias.

A geração de caixa medida pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) da ALL, que já havia sido divulgada pela companhia em prévia de resultados, ficou em R$ 579,5 milhões, variação positiva de 0,2% na comparação anual.

A ALL prevê crescimento no segundo semestre, pois as exportações de grãos devem retomar seu fluxo normal e as exportações de açúcar devem crescer no Porto de Paranaguá (PR).

COMMENTS