Volvo entrega primeiros FH16 aos clientes brasileiros

Volvo entrega primeiros FH16 aos clientes brasileiros

Considerado o mais potente do mundo, cavalo mecânico desenvolve 750cv com motor de 16 litros e aplicação para o transporte de cargas indivisíveis e operações de alto desempenho

Ipem autua cinco veículos sem certificado de cronotacógrafo em Barretos (SP)
Com nova unidade em Campinas, Iveco completa 90 concessionárias no País
Veículos de produtos perigosos necessitam passar por aferição do cronotacógrafo até 31 de agosto

volvo-fh16-brasil

A Volvo iniciou esta semana as entregas das primeiras unidades dos caminhões FH16, orçados em cerca de R$ 1 milhão e considerados os mais potentes do mundo, com 750 cavalos, para os clientes brasileiros. O modelo, importado da Suécia, tem aplicação no transporte de cargas indivisíveis e operações que exigem alto desempenho da máquina.

De acordo com o diretor de Caminhões da Volvo, Bernardo Fedalto, este modelo é indicado para projetos especiais de transporte. “Estes caminhões vão transportar máquinas, equipamentos e componentes com grandes dimensões e peso, como grupo geradores, transportadores, pás eólicas, vigas, pré-moldados, entre outras, normalmente utilizadas nas indústrias ou em obras de infraestrutura”, explica o executivo.

As empresas compradoras do FH16 estiveram em Curitiba (PR), na fábrica da Volvo, para receber os novos caminhões e, entre elas, estavam a Transpes, de Belo Horizonte (MG), a Trandata, de São Paulo, o Grupo Santin, de Araraquara (SP), a Transportes Pesados Blumenau, de Blumenau (SC), a Transportes Gilson, também de Blumenau e a Opencargo, de Porto Alegre (RS).

Os supercaminhões são equipados com motor D16G de 16 litros, capaz de desenvolver 750 cavalos de potência e 2800Nm de torque a uma rotação de 900 rpm. A configuração de eixos do modelo é 8×4. “Estamos trazendo da Europa o mais potente e mais avançado caminhão do mundo para atender uma demanda específica do mercado brasileiro de transportes. Os transportadores de cargas especiais têm agora a oportunidade de adquirir um caminhão com capacidade de tração de até 250 toneladas, motor de 750 cv de potência, torque de 3550 Nm, freio motor VEB mais retarder com potência de frenagem de até 1180cv, e uma caixa de câmbio inteligente I-Shift, entre outros importantes atributos”, complementa Alexander Boni, gerente comercial de caminhões da linha F.

Para o cliente, a aquisição se traduz e aumento de capacidade operacional para o transporte de cargas especiais. O diretor de Logística e Infraestrutura da Transpes, empresa compradora de 8 unidades do FH16, o caminhão de 750 cavalos vai permitir aumento de 20% na capacidade de tração de sua frota. “Teremos mais segurança nas viagens por conta da potência de frenagem auxiliar de mais de 1 mil cavalos de potência”, comenta Alfonso Gonzalez, da Transpes, empresa que roda mais de 30 milhões de quilômetros por ano carregando 1,1 mil toneladas em projetos especiais.

COMMENTS