Polo Industrial de Manaus (AM) adquire guindastes de alta performance para movimentação de cargas

Investimento das duatro unidades Liebherr LBS 600 faz parte de um plano do Grupo Chibatão para 2014 e 2015; cada equipamento permite movimentação média superior a 25 contêineres por hora

Skava-Minas adquire pesado Actros para operações fora-de-estrada
Isenção de IPI para caminhões é prorrogada para 31 de dezembro de 2011
Grupo Chibatão adquire dez guindastes RTG para movimentação no Polo Industrial de Manaus (AM)

guindastes-pim-manaus

O PIM – Polo Industrial de Manaus (AM) anunciou que desembarcaram nesta segunda-feira (21/7), no Terminal Portuário Chibatão, quatro guindastes Liebherr LBS 600. O equipamento alemão de alta performance aprimorará a movimentação de contêineres na unidade, agilizando o embarque e desembarque de mercadorias.

A aquisição faz parte de um pacote de investimentos do Grupo Chibatão para 2014 e 2015, porém a administração não divulga os valores. O Liebherr LBS 600 permite uma movimentação de mais de 25 contêineres por hora. Hoje, a média é de 13 operações/hora.

Os novos guindastes têm capacidade de até 140 toneladas e alcance de 58 metros, sendo este adquirido da geração tipo post-panamax, para navios de grande porte. Além disso, eles funcionam com sistema elétrico e combustível.

“Com esses novos guindastes, o tempo em operações pode ser reduzido consideravelmente. Com uma maior movimentação de contêineres, o Polo Industrial de Manaus ganha mais rapidez no recebimento e escoamento de produtos, eficiência e confiabilidade”, afirmou o gestor do Grupo Chibatão, Jhony Fidelis. “Com um descarregamento mais ágil, os navios reduzirão o tempo atracados nos portos, o que custa cerca de US$ 40 mil a diária. Custos com frete também serão reduzidos”, explicou.

COMMENTS