Gigantes da aviação atravessam o globo transportando cargas superpesadas

Gigantes da aviação atravessam o globo transportando cargas superpesadas

EXCLUSIVA: Aviões cargueiros de origem ucraniana, fabricados pela Antonov e administrados pela Ruslan International, diminuem distâncias e realizam operações de alta complexidade e o transporte de cargas de alta tonelagem. Até o Brasil está na rota dos gigantescos cargueiros

Aéreas planejam mais 170 aviões até 2015
TAM e Gol estão entre as dez empresas de aviação mais inseguras do mundo
Boeing 787 Dreamliner faz sua estreia no Chile

antonov-leipzig

O transporte aéreo internacional de cargas conta com diversas companhias e modernas aeronaves que, na grande maioria dos casos, dão conta do recado das operações demandadas. Mas, e quando a carga tiver mais que 100 toneladas ou ultrapassar as dimensões de um cargueiro convencional, como um Boeing ou um Airbus?

Basta chamar a Ruslan International, empresa com sede na Inglaterra que administra a frota dos únicos cargueiros Antonov em operação em todo o planeta, 17 aviões do modelo An-124, com quatro motores e capacidade para transportar até 120 toneladas de carga útil, e o único exemplar já construído do modelo Antonov An-225 Mriya, o maior cargueiro em operação em todo o mundo, com seis motores e capacidade de carga de até 250 toneladas.

Gigante no Brasil

antonov-viracopos-an-124

Recentemente, um dos integrantes desta frota, modelo An-124, realizou uma operação especial e transportou uma grande peça de caldeira para uma usina de etanol entre Toronto, no Canadá, e o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas.

O transporte, contratado às pressas para poder cumprir um prazo de inauguração na usina, foi encomendado pela Fly Easy para o cliente nacional e envolveu a transferência de um total de 79 toneladas, com a maior peça pesando 58 toneladas.

A carga, acondicionada em rack, mediu um total de 13 metros de comprimento, por 3,15 de altura e 3,8 metros de largura, fazendo jus às dimensões da aeronave.

Operação especial nos ares

antonov-leipzig2

Já o enorme An-225 Mriya, o maior avião cargueiro do mundo, realizou uma operação de transporte especial neste mês, transferindo um equipamento industrial de troca de calor pesando 139 toneladas através do Atlântico, entre a Alemanha e o Canadá.

O trocador de calor, acondicionado em seu rack especial, teve um peso final a bordo de mais de 147 toneladas, carga pesada demais para qualquer outro avião disponível no mundo. Os seis motores do An-225 transportaram a carga colossal entre Leipzig, na Alemanha, e Edmonton, no Canadá, com escala técnica na Islândia, em um percurso total de 8,4 mil quilômetros. A operação foi realizada pela Antonov Airlines sob contratação da DB Schenker.

“Quando uma carga de dimensões especiais e peso como esta precisa de transporte urgente, o grande e único An-225 Mriya entra em cena, proporcionando uma alternativa muito atraente para as grandes viagens oceânicas, que são custosas e demoradas e demandam equipamentos complexos e caros”, diz o executivo Comercial da Antonov Airlines, Andriy Blagovisniy, com exclusividade para o Portal Transporta Brasil.

COMMENTS