ANTT libera captação de empréstimo de R$ 664 milhões para obras na BR-163/MT

Com isso, concessionária Rota do Oeste, controlada pela Odebrecht TransPor, está autorizada a contratar a quantia por meio do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social)

Aeroporto Internacional de Natal (RN) amplia capacidade de operação
ANAC autoriza início das obras de ampliação do aeroporto de Brasília (DF)
Obras de implantação da 5ª faixa na Rodovia Ayrton Senna começam em SP

br-163-obras

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) liberou a concessionária Rota do Oeste, controlada pela Odebrecht TransPor, captar empréstimo de R$ 664 milhões por meio do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para a realização de obras de conservação, recuperação e ampliação na BR-163.

A rodovia, segundo o órgão, é integrante do PER (Programa de Exploração de Rodovia), e também esclareceu que a concessionária Rota do Oeste passa a administrar 800 quilômetros da estrada. O trecho vai de Sinop (MT) até a divisa com Mato Grosso do Sul.

A concessionária já começou a duplicação, na região de Rondonópolis (MT), e pretende concluir os trabalhos em 453 quilômetros no prazo de cinco anos.

A ANTT, até agosto, também receberá sugestões sobre a concessão dos 976 quilômetros da BR-163, de Sinop ao porto de Miritibuba (PA), que foi anunciada em janeiro.

COMMENTS