ANTT libera captação de empréstimo de R$ 664 milhões para obras na BR-163/MT

Com isso, concessionária Rota do Oeste, controlada pela Odebrecht TransPor, está autorizada a contratar a quantia por meio do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social)

Porto de Santos deve dobrar capacidade de operação até 2014
Terminal de cargas do Aeroporto de Guarulhos (SP) triplica capacidade das câmaras-frias
Dersa licita segunda etapa de intervenções na Rodovia dos Tamoios (SP-099)

br-163-obras

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) liberou a concessionária Rota do Oeste, controlada pela Odebrecht TransPor, captar empréstimo de R$ 664 milhões por meio do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para a realização de obras de conservação, recuperação e ampliação na BR-163.

A rodovia, segundo o órgão, é integrante do PER (Programa de Exploração de Rodovia), e também esclareceu que a concessionária Rota do Oeste passa a administrar 800 quilômetros da estrada. O trecho vai de Sinop (MT) até a divisa com Mato Grosso do Sul.

A concessionária já começou a duplicação, na região de Rondonópolis (MT), e pretende concluir os trabalhos em 453 quilômetros no prazo de cinco anos.

A ANTT, até agosto, também receberá sugestões sobre a concessão dos 976 quilômetros da BR-163, de Sinop ao porto de Miritibuba (PA), que foi anunciada em janeiro.

COMMENTS