Scania fornece ônibus para a frota da Infraero no Galeão (RJ) durante a Copa do Mundo

Três unidades, sendo uma delas movida a etanol, serão utilizadas pela Infraero entre 12 de junho e 14 de julho no aeroporto internacional carioca, para o transporte de passageiros

Aeroporto de Campo Grande (MS) passará por reforma
A partir de março, Trip operará voo entre Belo Horizonte e Uberlândia (MG)
Infraero autoriza obras de ampliação do Aeroporto de Londrina (PR)

onibus-infraero-rj-scania

A Scania e a Infraero firmaram uma parceria que terá vigência durante a Copa do Mundo no Brasil, entre 12 de junho e 14 de julho, para o transporte dos passageiros que passarão pelo Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro.

O acordo prevê o fornecimento de três ônibus, um deles movido a etanol, para auxiliar a Infraero no período de aumento da demanda. “É esperado um grande fluxo de passageiros no Galeão durante esse grande evento esportivo, resultando em aumento significativo de operações de embarque e desembarque remotos no Aeroporto do Galeão. Nossos ônibus vão ajudar a Infraero a atender esta alta demanda”, afirma Eduardo Monteiro, chefe de vendas de chassis urbanos da Scania no Brasil. “O destaque será o ônibus a etanol, exclusivo da marca na América Latina e que emite 90% menos CO2 do que o modelo convencional a diesel. Será uma oportunidade ao passageiro do avião conferir as vantagens das soluções Scania para a mobilidade urbana.”

“A Infraero busca continuamente a evolução com vistas a otimizar o fluxo, melhorar o nível de conforto e principalmente aumentar a segurança operacional dos passageiros que transitam em nossos aeroportos, seja por meio do uso da tecnologia ou na aquisição de novos equipamentos”, diz Renato Pires de Lacerda Abreu, superintendente de Gestão Operacional da Infraero. “Com a parceria entre Infraero e Scania, além de ser um reforço na frota destinada às operações de embarque e desembarque remotos no aeroporto, vamos ter a oportunidade de avaliar melhor os veículos que serão disponibilizados, principalmente o modelo com 15 metros”, reforça Abreu.

Os ônibus escolhidos pela Scania são o K 270 6×2*4, K 310 6×2*4 e K 250 4×2. O K 270 6×2*4 é movido a etanol, gera 270 cavalos de potência e desenvolve torque de 1.200Nm. O etanol será fornecido pela Raízen. Já o K 310 6×2*4, de 310 cavalos, desenvolve um torque de 1.550Nm. Ambos são chassis com 15 metros de comprimento e têm capacidade para transportar 130 passageiros, além de piso baixo, que facilita o embarque dos passageiros.

Os veículos de 15m recebem um terceiro eixo direcional, característica que permite um maior grau de manobrabilidade, especialmente em cidades com ruas estreitas e pouco espaço para realizar curvas normais ou acentuadas. O K 250 4×2, de 250 cavalos de potência, desenvolve um torque de 1.150Nm, possui piso baixo e capacidade para transportar 100 passageiros.

Os ônibus estão adesivados com as cores verde e amarelo. “As carrocerias estão muito coloridas e vão chamar a atenção dos turistas”, acrescenta Monteiro. Os três modelos ficarão confinados nas pistas de pouso e decolagem do aeroporto carioca e transportarão os passageiros nos trajetos das aeronaves até os portões de embarque e desembarque.

COMMENTS