Rastreador do Grupo Tracker ajuda a encontrar carga de tecido no valor de R$ 200 mil

Quadrilha de roubo de cargas utilizou o jammer, que inibe o sinal do rastreador, mas, mesmo assim, equipamento de radiofrequência se comunicou com a central e ajudou a recuperação da carga

Polícia paulista prende empresários com R$ 30 milhões em cargas roubadas
PRF registra 359 casos de roubo de cargas em rodovias federais em 2013
Polícia Federal inicia operação contra quadrilha de roubo de carga em sete estados

tracker-roubo-tecido

A tecnologia de rastreamento ajudou o transporte de cargas a evitar mais uma ocorrência de roubo na semana passada, em São Paulo. De acordo com informações do Grupo Tracker, fabricante de equipamentos e provedor de serviços de rastreamento de frotas e cargas, um caminhão carregado com R$ 218 mil reais em tecido foi recuperado na semana passada graças ao rastreador.

O roubo aconteceu em 24 de junho, quando o caminhão trafegava pela Rodovia Fernão Dias, já em São Paulo, e foi abordado pelo bando. Assim que recebeu o sinal do rastreador e o aviso de roubo, o monitoramento entrou em ação e localizou o caminhão em um galpão, em menos de uma hora. A Polícia Civil foi acionada e prendeu dez pessoas no local. O veículo contava com um equipamento de GPS instalado e, na carga, um rastreador de radiofrequência da Tracker fazia o monitoramento.

A quadrilha utilizou um jammer (aparelho que inibe e mistura os sinais do rastreador, facilitando o roubo) de 8 antenas na carga e o equipamento conseguiu neutralizar o sinal do GPS. Apesar disso, o rastreador da carga não foi afetado e continuou enviado sinais para a central. O aparelho que se encontrava na carga de tecidos era o Tracker Carga.

COMMENTS