Ônibus Volvo reforçam a segurança da Copa em forma de delegacias móveis

Cidades-sede dos jogos do Mundial contam com esquema reforçado de segurança que incluem doze ônibus Volvo com carroceria especial desenvolvida pela Comil para funcionar como delegacias de polícia

Cuiabá (MT) decide até o final do ano se terá rodízio de veículos
Impostômetro atinge a marca de R$700 bi
Aeroporto de Viracopos (SP) começa a receber investimentos para ampliação

volvo-delegacia-movel

A Volvo e a Comil desenvolveram e forneceram ao esquema de segurança das cidades-sede da Copa do Mundo no Brasil doze ônibus que funcionam como delegacias de polícia móveis. Os veículos ficam no entorno dos doze estádios da competição para atender às necessidades da Secretaria Extraordinária de Segurança de Grandes Eventos (Sesge).

Os veículos contam com área interna com escritório completo, cela com capacidade para até dois detentos e equipamentos eletrônicos que incluem conexão via satélite e internet de alta velocidade para a comunicação entre as polícias locais, estaduais e federal.

O modelo escolhido para as delegacias móveis é o Volvo B290R, considerado veículo fácil de ser encarroçado e de alta disponibilidade, além de baixa emissão de poluentes. “O B290R é um modelo extremamente versátil, com versão rodoviária, urbana e de fretamento que pode ser adaptado para diferentes tipos de aplicações”, destaca Jefferson Cunha, gerente de ônibus rodoviários da Volvo Bus Latin America.

Após a realização da Copa, as Delegacias Móveis deverão permanecer à disposição das cidades-sede para uso das Secretarias de Segurança Pública de cada Estado. Outras cidades devem adotar soluções semelhantes. Em Brasília, por exemplo, haverá um reforço adicional. Além do ônibus delegacia destinado à cidade como uma das sedes da copa, outros dois foram encomendados para o Distrito Federal, independentemente do evento esportivo.

COMMENTS