Nova tolerância de 10% por eixo só vale para quem respeitar o limite de 5% do PBT

Nova tolerância de 10% por eixo só vale para quem respeitar o limite de 5% do PBT

Resolução do Contran traz aumento da tolerância de peso por eixo, mas a regra do limite de 5% do Peso Bruto Total do veículo precisa ser respeitada. Caso o peso ultrapasse este limite, tolerância volta para os 7,5% por eixo

Posto de pesagem em Ribeirão das Neves (MG) começa a operar
Balança comercial do setor de autopeças registra déficit de US$ 4,72 bi no acumulado do ano
Justiça Federal determina prazo para instalação de balanças nas rodovias do Pará

balanca-pesagem

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran), em publicação no Diário Oficial da União de 06 de junho, divulgou ao público a Resolução 489, que aumenta para 10% o limite de peso por eixo para todos os veículos de carga.

A notícia para os transportadores vem acompanhada de uma ressalva importante: a nova regra de tolerância só vale para os veículos que não ultrapassarem o limite de 5% do Peso Bruto Total do caminhão, ou o Peso Bruto Total Combinado. Quem não respeitar este limite terá de respeitar a tolerância de 7,5% por eixo na pesagem.

A resolução também estabelece novas regras para o transbordo ou remanejamento de carga. Para quem mantiver até 5% de excesso em peso bruto, só haverá transbordo ou remanejamento a partir de 12,5% de excesso nos eixos. Até este limite, o veículo será apenas multado. Para quem estiver com excesso acima de 5% de peso bruto, valem as regras antigas (ver tabela).

tabela-tolerancia-06-14

Leia a íntegra da Resolução

Com informações da Revista Carga Pesada

COMMENTS