Mais de um milhão de pessoas utilizarão ônibus para se deslocar entre cidades-sede da Copa

Mais de um milhão de pessoas utilizarão ônibus para se deslocar entre cidades-sede da Copa

Evento trará um acréscimo de 20% a 30% no fluxo de passageiros, se comparado a períodos normais de transportes

LATAM encerra 2º trimestre com lucro operacional de US$ 15,4 milhões
Ministro descarta problemas no transporte aéreo brasileiro durante a Copa de 2014
ANTT apresenta normas de transporte rodoviário internacional para o período da Copa do Mundo

onibus-intermunicipal-passa

Segundo uma estimativa da Abrati (Associação Brasileira de Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros), expectativa é que pelo menos 1,1 milhão de pessoas procurem as linhas de ônibus interestaduais, intermunicipais para se deslocar entre as cidades-sede da Copa do Mundo. Isso representa um acréscimo de 20% a 30% no fluxo de passageiros, se comparado a períodos normais de transportes.

Uma análise da entrada de estrangeiros sul-americanos no País feita pelo Depes (Departamento de Pesquisa do Ministério do Turismo) mostra que pelo menos 27% deles chegam ao Brasil por via terrestre – seja de carro ou ônibus. A maioria são argentinos, uruguaios, paraguaios além de colombianos e chilenos.

“A pesquisa sobre demanda turística internacional mostra que 49% dos turistas internacionais que vêm ao Brasil são da América do Sul”, afirma o diretor do Depes, José Francisco Lopes.

O transporte rodoviário interestadual e internacional no Brasil é responsável por uma movimentação superior a 140 milhões de usuários por ano. Segundo a Abrati, a frota de transporte de passageiros pelas rodovias ultrapassa os 16 mil ônibus que se dividem na prestação dos serviços regulares pelas empresas permissionárias e autorizadas. Já no transporte fretado, mais de 22 mil veículos estão habilitados.

COMMENTS